Conheça as principais dores em pagamentos com maquininhas de cartão

Você já parou para pensar quais são as principais dificuldades enfrentadas quando o assunto são os pagamentos feitos para a sua empresa? 

Hoje em dia a grande maioria dos valores recebidos é via cartões de crédito e débito utilizando as populares maquininhas. Mas quantas vezes elas falharam, te deixando na mão? 

Prossiga a leitura para conhecer de que maneira aplicativos como o WhatsApp, Telegram e Messenger serão capazes de inovar o jeito de receber dos seus clientes!

Os problemas das maquininhas na realização de pagamentos

As ‘maquininhas’ são um gasto alto para empresários de todos os tamanhos. Primeiro que é inviável ter mais de uma para aceitar todas as bandeiras e opções de pagamentos.  

E quando o papel acaba? E a maquininha começa a apresentar defeitos? Você fica refém do suporte da empresa, atrapalhando os negócios. Mais um motivo para contratar diversos aparelhos para não paralisar as vendas.

Outro ponto que encarece ainda mais os custos são as filas que se formam para realizar o pagamento. É preciso abrir novos caixas e contratar mais pessoas, já que o seu consumidor não tem tempo a perder.

Sem dúvidas é preciso uma boa dose de paciência e boa vontade. Mas calma, essa realidade está prestes a mudar!

Tecnologia ajuda a modernização de pagamentos 

O mundo é digital. E se pessoas de todas as partes do mundo escrevem mensagens, trocam arquivos e realizam chamadas tanto de áudio quanto de vídeo por aplicativos como o WhatsApp, Telegram e Messenger por que também não realizar pagamentos por essas plataformas?

Apenas o WhatsApp tem mais de 200 milhões de usuários mensais, sendo a rede social mais popular no Brasil. 

Disponibilizar a possibilidade de fazer pagamentos pela plataforma é mais uma maneira inovadora de conquistar o consumidor, facilitar e reduzir custos para o negócio e ainda oferecer praticidade para o cliente. A AnnA, plataforma conversacional desenvolvida pela W5, é a porta de entrada para o futuro.

Ao invés de passar o cartão e estar sujeito aos transtornos que você conhece tão bem, basta que o cliente digite @pay no número de WhatsApp da sua empresa para iniciar o processo.

O @pay automatiza toda a transação e aceita tanto cartões de débito quanto de crédito. Sua empresa entra em contato com o time da AnnA, habilita o serviço nas operadoras de pagamento como Elo e Mastercard, entre outras bandeiras, e começa a cobrar pelo WhatsApp. Muito mais agilidade no processo de pagamento!

Para os clientes a mecânica também é simples: na hora que for fazer a transação ele cadastra todos dados do cartão e depois é só utilizar. E o melhor: ele próprio também pode transferir dinheiro para outras pessoas apenas com um comando ou pagar contas de qualquer serviço.

O valor a ser cobrado da sua organização pode ser tanto fixo quanto a ser definido em cada pagamento. Já as taxas cobradas no débito e crédito são compatíveis com os valores praticados pelo mercado.

Exemplos de utilizações do @pay

Em primeiro lugar, precisamos deixar claro que qualquer tipo de negócio: um e-commerce, lojas ou mesmo um autônomo podem usar o @pay. O consumidor pode comprar em um marketplace pelo WhatsApp sem entrar no site ou pagar um café na lanchonete sem o cartão.

No caso de empresas especializadas em treinamentos, o pagamento – e também o recebimento e realização das capacitações – podem ser feitos pelo WhatsApp, Telegram e Messenger. 

Hotéis também usam o WhatsApp para informar potenciais hóspedes sobre suas acomodações. Que tal aproveitar o contato para já realizar e pagar a reserva? É a forma mais fácil de não dispersar o interesse de quem quer se hospedar.    

O @pay pode inclusive ser utilizado por instituições de caridade para angariar fundos de uma maneira mais simples e objetiva. Ao invés de realizar doações por telefone ou no site da instituição, as pessoas escolhem entre valores pré-determinados ou ajudam com o quanto puderem. Ficou muito mais fácil e cômodo auxiliar os mais necessitados!

Quer conhecer melhor todas as possibilidades do @Pay e da AnnA? Então entre em contato conosco, agora mesmo!

BI